Hospital do Subúrbio atende a partir da próxima terça
TRÂNSITO AO VIVO
Whatsapp: 71 9206-5826
sexta-feira, 31 de outubro de 2014
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Cidade

Hospital do Subúrbio atende a partir da próxima terça

Publicada em 10/09/2010 07:52:00

O Hospital do Subúrbio (HS) será inaugurado nesta segunda-feira (13), às 9h30, e na terça-feira (14) começa a atender à população a partir das 7h. A unidade é a primeira viabilizada pela Parceria Público-Privada (PPP) e vai disponibilizar atendimento aos casos de urgência e emergência clínica, cirúrgica e traumato-ortopédica (adulto e pediátrica). Quando estiver operando com sua capacidade total, o hospital terá 268 leitos de internação, distribuídos nas especialidades de clínica médica, clínica pediátrica, cirurgia geral adulto e pediátrica, traumato-ortopedia (adulto e pediátrica), unidade semi-intensiva e UTI adulto e pediátrica. O hospital também contará com o programa de Internação Domiciliar (ID), com capacidade inicial para atendimento a 30 pacientes.

O novo hospital terá unidade de bioimagem, raios X, tomógrafo, ultrassonografia, endoscopia e eletrocardiograma, laboratório, central de material esterilizado, lavanderia, farmácia centralizada, serviço de engenharia clínica, serviços de fisioterapia, nutrição, dietética, farmácia e apoio logístico. O HS contará também com um heliporto, que facilitará o deslocamento de pacientes de outras regiões para a unidade hospitalar.

O investimento, em torno de R$ 45 milhões, beneficiará cerca de 1 milhão de habitantes de todo o subúrbio, além da população de bairros como Valéria, Cajazeiras, Castelo Branco e Pau da Lima, e de  municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS).  A unidade ainda vai gerar 1.660 empregos.

O novo hospital será administrado pelo consórcio Prodal Saúde S.A., vencedor da licitação para Parceria Público-Privada (PPP), reduzindo os custos do Estado. O grupo tem como responsabilidade equipar e manter o hospital por dez anos, contratar pessoal e adquirir equipamentos, assegurando mais rapidez no atendimento das necessidades da unidade. Esta é a primeira PPP na área de saúde pública hospitalar do Brasil.

GESTÃO – O modelo de operação e gestão contempla diversas inovações, dentre elas, uma maior humanização do serviço de emergência através de um pré-atendimento seguido da classificação de risco de cada paciente. Todo o processo de chamada desses pacientes será feito usando leitores biométricos, fotografia e convocação através de comando eletrônico de voz presente em televisões LCD instaladas nas recepções do hospital.

Segundo Jaime Gama, coordenador corporativo de TI do Grupo Promédica e líder da integração dessas soluções, tudo isso está sendo possível graças às parcerias firmadas com as empresas Freire Informática, Softwell Solutions e IPX Tecnologia, todas com presença marcante no mercado nacional. O prontuário eletrônico do paciente a ser utilizado no Hospital do Subúrbio, segue o modelo do sistema de informações do Hospital Jorge Valente, uma das unidades do Grupo Promédica. Contempla funcionalidades informatizadas de extrema importância para a geração de valor ao paciente, envolvendo a integração dos serviços prestados pelos diversos profissionais de saúde.

Todos os serviços de apoio diagnóstico terapêutico, compostos por imagens (tomografia, ressonância magnética, raio x etc) e exames laboratoriais também estão amplamente informatizados e monitorados via Central de Laudos, conforme relata Gama.  

Bahia ganhou mais dois hospitais em 10 meses

Hospital da Criança 

O Hospital da Criança, localizado em Feira de Santana, foi inaugurado em agosto deste ano. A nova unidade começou a receber os pacientes no dia seguinte da sua inauguração, oferecendo atendimento de alta complexidade para pacientes recém nascidos até menores de dezoito anos. No início do funcionamento, a unidade abriu com 150 leitos. O investimento da Sesab para o atendimento à população será de R$ 83,5 milhões em dois anos. 

Com investimento total de cerca de R$60 milhões, o Hospital Estadual da Criança ofertará  à população 280 leitos, sendo 40 de UTI e 30 semi-UTI. Os demais leitos estão distribuídos em especialidades pediátricas de média e alta complexidade como tramato-ortopedia, pneumologia, nefrologia, oncologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, cardiologia, cirurgia geral, clínica pediátrica, atendimento às urgências e emergências clínicas.  

O HEC conta com equipamentos modernos sendo capaz de realizar procedimentos e exames diagnósticos como endoscopia, tomografia computadorizada, ultrassonografia, radiografia, entre outros.

A previsão é que sejam feitas, no primeiro ano de funcionamento, 8.172 internações, 24300 cirurgias ambulatoriais e 48 mil consultas. 

Hospital Regional de Santo Antônio

A população do recôncavo baiano conta desde dezembro de 2009, com mais serviços de saúde com a inauguração do Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus. Para o novo hospital, foram investidos mais de R$ 44 milhões na construção, desde o início das obras, há quase 20 anos, e R$11 milhões em equipamentos.

O Hospital Regional de Santo Antonio de Jesus funciona com perfil de hospital geral de grande porte, com capacidade operacional para 136 leitos distribuídos nas enfermarias de: pediatria (33 leitos), cirurgia geral (51 leitos), clínica médica (36 leitos), clínica psiquiátrica (06 leitos) e UTI geral (10 leitos). Dispõe de Centro Cirúrgico, Centro de Recuperação Pós-Anestésica (CRPA), Central de Material Esterilizado (CME), serviços de farmácia, lavanderia, almoxarifado, nutrição, manutenção geral e arquivo de prontuários de paciente e estatística.

Desde a abertura do hospital, os pacientes da região não precisam mais se deslocar para Salvador ou Feira de Santana, tendo assistência mais próxima de sua residência. de Jesus

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
CAPA DE HOJE
PUBLICIDADE