FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Segurança

Cinco assaltantes de banco são mortos

por
Daniela Pereira REPÓRTER
Publicada em 30/01/2012 23:26:00

Mais uma ação policial tira de circulação criminosos envolvidos em assaltos a instituições financeiras. Na tarde de ontem, carros, armas e explosivos encontrados com uma quadrilha, composta por oito homens, foram apresentados. O material foi apreendido no fim de semana, durante a Operação Zumbi, realizada pelo Centro de Operações Especiais (COE) e Departamento de Narcóticos (Denarc) no município de Salinas da Margarida.


De acordo com a polícia, o grupo matava um boi, furtado no município, quando percebeu a presença dos agentes. Os acusados teriam efetuado disparos contra as viaturas e, na troca de tiros, cinco integrantes do bando foram baleados. Os suspeitos foram socorridos pelos próprios agentes para um hospital local, mas não resistiram.

Os demais conseguiram fugir, porém, apenas dois foram identificados: “Eduardo” (ou “Duda”) e Marcelo Baitinga. 
Segundo o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, a quadrilha estava sendo investigada por tráfico de drogas, assaltos a bancos e ônibus interestaduais, ocorridos em diversos trechos das BRs 324 e 116.

No imóvel, onde o grupo estava acampado, foram apreendidos dois fuzis, duas pistolas  ponto 40, duas espingardas, calibres 12 e 28, meio quilo de crack, um artefato explosivo de fabricação caseira e duas emulsões exclusivas. Três veículos roubados – modelos Vectra (DHK- 8933), Corolla (NZJ-1984) e uma caminhonete Montana –, além de quatro obras sacras roubadas em igrejas do recôncavo baiano, também foram recuperados.
 
O grupo também é suspeito de ter participado do assalto a banco em Mangabeira, que resultou na morte de um vigilante, além de uma investida contra a agência do Banco do Brasil no município de Castro Alves, quando clientes foram feitos reféns e dois moradores foram baleados.

A polícia continua com as investigações para localizar o paradeiro dos demais integrantes da quadrilha. A foto de Marecelo Baitinga será incluída nas cartas do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Ainda de acordo com o secretário, o bando pretendia assaltar agências bancárias de Maragogipe e de Estância, em Sergipe. 
 
SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE