TRÂNSITO AO VIVO
domingo, 23 de abril de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Cidade

Trade turístico apóia governo e sugere campanha

Publicada em 08/02/2012 09:05:44

Representantes de algumas das principais entidades do trade turístico baiano se reuniram na tarde desta terça-feira (7), na sede da Secretaria Estadual do Turismo, com titular da pasta, Domingos Leonelli, para avaliar a situação e discutir as estratégias que serão adotadas pelo setor após a greve de parte dos integrantes da Polícia Militar.
 
Ao contrário do que tem sido divulgado, Manuel Garrido, presidente da Associação Brasileira da Industria de Hotéis (ABIH-BA), reafirmou que as reservas nos hotéis para o carnaval deste ano estão mantidas e se disse esperançoso com relação ao fim do movimento dos policiais. “Estou com um grupo de franceses que está mantendo a rotina normal de turistas em nossa cidade. O ideal é que comecemos a mostrar que as coisas estão voltando ao normal”, disse.
 
Além de Garrido, participaram do encontro os dirigentes do Sindicato das Empresas de Turismo (Sindetur), Luiz Augusto Leão, Associação Brasileira das Empresas de Receptivo (Abre), Jean Paul Gonze, Câmara de Turismo da Baía de Todos-os-Santos, Cristina Baugartem, Associação de Comerciantes do Pelourinho (Acopelô), Lenner Cunha e Convention Bureau Salvador e Litoral Norte, Pedro Costa, que manifestaram apoio ao governo e defenderam a realização de uma campanha de marketing para divulgar uma imagem positivas da Bahia como destino de viagem no Brasil e no exterior.
 

Campanha para a imagem
 
O secretário de Turismo do Estado, Domingos Leonelli, disse que as medidas para a recuperação da imagem da Bahia como destino turístico ocorrerão no médio prazo e que uma campanha será feita em cima do Salão Baiano de Turismo e Feira dos Municípios, que ocorrerão de 28 a 31 de março deste ano, em Salvador. Luiz Augusto Leão, do Sindetur, e Jean Paul Gonze, da Abre, sugeriram a participação ativa do governador Jaques Wagner na divulgação dos dois eventos.
 
Também presente no encontro, a titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), Cristhiane Inocência, informou não houve alterações no número de ocorrências policiais envolvendo turistas na comparação com o mesmo período do ano passado. “Não podemos dizer que há uma normalidade, mas também não existe clima de terror nos pontos turísticos da capital”.

Já Lenner Cunha, da Acopelô, disse que as informações negativas relacionadas à Bahia nas redes sociais preocupam, mas que a situação é reversível e cita que “há muita gente interessada no fracasso do Carnaval”.
 
Gerenciamento de crise
 
Cristina Baugartem afirmou que, apesar da greve, o movimento de desembarques de visitantes de cruzeiros marítimos no Porto de Salvador foi considerado normal nesta terça-feira. “Tinham muitos ônibus e vans aguardando os passageiros dos navios, que saíram pela cidade e foram ao Mercado Modelo e Pelourinho”, contou.
 
Ela também sugeriu que trade e governo utilizem ferramentas adotadas pela Organização Mundial do Turismo para reverter os problemas de imagem do destino causados pela greve de parte da PM. “Cidades como Barcelona, Jerusalém e Nova Iorque já recorreram aos métodos da OMT e conseguiram êxito em campanhas para atração de turistas após os destinos terem sido afetados por atentados e problemas relacionados à violência”, conta. 

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE