Hospital João Batista Caribé vai virar uma grande maternidade
TRÂNSITO AO VIVO
WhatsApp: 71 9206-5826
sexta-feira, 31 de outubro de 2014
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Cidade

Hospital João Batista Caribé vai virar uma grande maternidade

por
Sergio Toniello Filho REPÓRTER
Publicada em 16/06/2012 01:05:16

 O Hospital João Batista Caribé, que antes funcionava como pronto socorro em várias especialidades, será uma grande maternidade. A informação foi dada ontem pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), após protesto por melhorias na unidade hospitalar. 


“O hospital está sendo requalificado de forma progressiva. A unidade não precisará ser fechada para a requalificação. Ainda assim, os atendimentos de urgência e emergência estão funcionando normalmente. Além do Hospital João Batista Caribé, existe o novo Hospital do Subúrbio que foi construído com o intuito de atender a grande população que mora no Subúrbio Ferroviário. Ainda há uma promessa por parte da Secretaria Municipal de Saúde de que o posto Albergaria seja aberto nos próximos meses”, explicou a Sesab, por meio de sua assessoria.
 
Em protesto contra o que chamavam de sucateamento e fechamento do hospital, servidores da unidade e o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde-Ba) realizaram uma manifestação ontem pela manhã pedindo melhorias e uma definição do perfil de atendimento para o Hospital João Batista Caribé. Mas, a Sesab informou que o hospital se tornará uma maternidade e que não havia motivos para protesto, já que o novo Hospital do Subúrbio realiza o atendimento à população do local. 
 
Os manifestantes cobraram também a abertura do posto Albergaria-Periperi e da emergência de Plataforma. Além do protesto, o público presente fez teste de glicemia capilar e pressão arterial.  De acordo com a presidente do Sindsaúde-BA, Inalba Fontenelle, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) precisa definir o perfil da unidade, que segunda ela, está com baixa cobertura de serviços de saúde pública na região, tanto de atendimento básico quanto de emergência, o que prejudica os moradores. 
 
“O Caribé ficou abandonado e sem investimento, sendo sucateado aos poucos. Faltam médicos, equipamentos e vontade governamental, virou um quebra galho e depósito das unidades fechadas. Sei que existe novo Hospital do Subúrbio, mas o Caribé sempre foi referência para a população do subúrbio. Além disso, existem boatos de que o hospital seria terceirizado. Em julho, já estamos organizando uma grande caminhada no subúrbio para protestar contra essas medidas”, relatou Inalba.
 
SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE