TRÂNSITO AO VIVO
domingo, 22 de janeiro de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Cidade

Hospital João Batista Caribé vai virar uma grande maternidade

por
Sergio Toniello Filho REPÓRTER
Publicada em 16/06/2012 01:05:16

 O Hospital João Batista Caribé, que antes funcionava como pronto socorro em várias especialidades, será uma grande maternidade. A informação foi dada ontem pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), após protesto por melhorias na unidade hospitalar. 


“O hospital está sendo requalificado de forma progressiva. A unidade não precisará ser fechada para a requalificação. Ainda assim, os atendimentos de urgência e emergência estão funcionando normalmente. Além do Hospital João Batista Caribé, existe o novo Hospital do Subúrbio que foi construído com o intuito de atender a grande população que mora no Subúrbio Ferroviário. Ainda há uma promessa por parte da Secretaria Municipal de Saúde de que o posto Albergaria seja aberto nos próximos meses”, explicou a Sesab, por meio de sua assessoria.
 
Em protesto contra o que chamavam de sucateamento e fechamento do hospital, servidores da unidade e o Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde-Ba) realizaram uma manifestação ontem pela manhã pedindo melhorias e uma definição do perfil de atendimento para o Hospital João Batista Caribé. Mas, a Sesab informou que o hospital se tornará uma maternidade e que não havia motivos para protesto, já que o novo Hospital do Subúrbio realiza o atendimento à população do local. 
 
Os manifestantes cobraram também a abertura do posto Albergaria-Periperi e da emergência de Plataforma. Além do protesto, o público presente fez teste de glicemia capilar e pressão arterial.  De acordo com a presidente do Sindsaúde-BA, Inalba Fontenelle, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) precisa definir o perfil da unidade, que segunda ela, está com baixa cobertura de serviços de saúde pública na região, tanto de atendimento básico quanto de emergência, o que prejudica os moradores. 
 
“O Caribé ficou abandonado e sem investimento, sendo sucateado aos poucos. Faltam médicos, equipamentos e vontade governamental, virou um quebra galho e depósito das unidades fechadas. Sei que existe novo Hospital do Subúrbio, mas o Caribé sempre foi referência para a população do subúrbio. Além disso, existem boatos de que o hospital seria terceirizado. Em julho, já estamos organizando uma grande caminhada no subúrbio para protestar contra essas medidas”, relatou Inalba.
 
SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE