FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Cidade

ACM Neto apresenta a moradores projeto de revitalização da Barra

Publicada em 20/08/2013 15:23:11
Foto: Divulgação
Projeto da Barra

O prefeito ACM Neto e o chefe da Casa Civil, Albérico Mascarenhas, apresentam nessa quarta-feira (21/8) o projeto de revitalização da Barra aos moradores da região, na sede da Associação Atlética, às 18h30. A Barra será uma das áreas mais impactadas com a revitalização da orla de Salvador.

Segundo a prefeitura, serão investidos R$50 milhões em paisagismo, iluminação, implantação de piso compartilhado para veículos e pedestres, usando toda a largura da rua, com dutos subterrâneos, definição de espaço para a prática do ciclismo e caminhada, piso tátil para pessoas com deficiências, rampas de acesso à praia, quiosques para informações turísticas e para comércio de coco e acarajé, sanitários públicos, posto salva-vidas, entre outras intervenções. Os recursos são do governo federal, através do Prodetur, e da Prefeitura.

O projeto completo de revitalização da orla prevê investimento da ordem de R$111,6 milhões, aplicados em São Thomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Barra, Jardim de Alah/Armação, Rio Vermelho, Boca do Rio, Piatã e Itapuã. Serão implantados 50 mil m² de novas calçadas, seis quilômetros de ciclovias, 10 quilômetros com nova iluminação pública, além de quadras, praças e restaurantes.

As intervenções estarão concluídas até maio de 2014, antes do início da Copa do Mundo, e foram divididas em nove trechos. A grande novidade do projeto é o piso compartilhado que será implantado na Barra e na Ribeira. O modelo já existe em cidades dos EUA e da Europa. A velocidade dos veículos nessas vias será mínima, de apenas 20 quilômetros por hora.

“Essa apresentação já aconteceu na Ribeira, quando fomos até a comunidade mostrar como o projeto foi formatado e recebemos sugestões. Agora faremos o mesmo com a comunidade da Barra e estamos finalizando o projeto de São Tomé de Paripe e Tubarão, no Subúrbio, onde também faremos a apresentação. Nosso objetivo é que toda intervenção proposta pela Prefeitura seja primeiro apresentada à comunidade que será impactada para que suas sugestões sejam incorporadas”, afirma o chefe da Casa Civil, Albérico Mascarenhas, lembrando que o edital de licitação para as obras na Barra já foi lançado. 

Em andamento

Na Boca do Rio, as obras estão em fase final. Com a demolição da antiga sede de praia do Bahia, a Prefeitura está concluindo a intervenção, orçada em R$3,6 milhões.

Os recursos são fruto de parceria com a iniciativa privada e o projeto prevê a recuperação da pavimentação, ampliação da calçada com rampas de acessibilidade, implantação de oito quiosques, requalificação de espaços para prática de esporte, implantação de posto salva-vidas, reestruturação da iluminação e do paisagismo e construção de uma ponte sobre o Rio das Pedras.

Na Ribeira, as obras também começaram para implantação do piso compartilhado usando toda a largura da rua, definidos espaços para bicicletas, caminhadas e para pessoas com dificuldade de locomoção (com piso tátil), faixas elevadas para travessia de pedestres, bancos em concreto ao longo do calçadão e nas praças, duas rampas e escadas em madeira para acesso à praia, quiosque para informações turísticas e para venda de coco e acarajé, posto salva-vidas, mesas e bancos para jogos, equipamentos de ginástica, anfiteatro para eventos culturais, sanitários públicos, iluminação, paisagismo e elementos de sinalização visual e turística.

 

 

 

SIGA A TRIBUNA
Envie informações para a Tribuna
71 9206-5826
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE