TRÂNSITO AO VIVO
domingo, 26 de março de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Veículos

Pneus podem gerar economia de até 20% em combustível

Além de ser um item de segurança importante, consegue reduzir o consumo de combustível quando a manutenção está em dia

Publicada em 21/07/2016 13:50:12
Foto: Divulgação

Os pneus possuem um grande impacto sobre o seu veículo. Mais do que apenas acessórios, eles são importantes para garantir a segurança na direção. É possível perceber a resposta de um veículo com pneus que não foram calibrados ou, ainda, que estão carecas. A instabilidade é grande, assim como a insegurança durante uma curva mais fechada ou em pistas molhadas, por exemplo.

Além de todos esses fatores, a troca do pneu pode ser ainda mais vantajosa do que você esperava. A KD Pneus, loja online especializada, apontou alguns fatores que mostram que a substituição dos seus pneus por novos consegue gerar até mais economia para o seu bolso.

Esse dado tem base justamente no gasto com os combustíveis. Alguns hábitos conseguem impactar diretamente nos custos da gasolina no final do mês. Ao ir abastecendo ao longo das semanas, a diferença pode parecer insignificante.

Entretanto, esse impacto é sentido a longo prazo e faz diferença. A troca do jogo de pneus se torna, então, um investimento tanto em segurança quanto em retorno financeiro. Segundo Carlos Molina, diretor de e-commerce da KD Pneus, o consumo chega a ser reduzido em até 20%. “Tudo isso apenas com pneus em bom estado e calibrados corretamente”, explica Molina.

A grande dica fica por conta do rodízio, que deve ser feito a cada 10 mil quilômetros como aconselham os especialistas. Essa técnica deve ser combinada também com a calibragem e a revisão periódica da suspensão do veículo.

Outro marcador importante é o desgaste, que é assinalado pelo indicador TWI, Tread Wear Indicator. A indicação segue tanto a recomendação das principais marcas de pneus quanto as montadoras de veículos, presentes no manual do proprietário.

Calibragem e rodízio

O rodízio evita que o carro tenha o desgaste irregular. Caso isso aconteça, há uma diferença ao rodar que acaba exigindo mais força do motor para atingir as velocidades. É como se ele forçasse e arrastasse levemente uma determinada parte do carro, que não gira de maneira suave.

Tudo isso faz com que o motor acabe gastando mais combustível para funcionar normalmente. A forma mais aplicada para garantir o rodízio ideal é a troca dos pneus dianteiros pelos traseiros do mesmo lado. Entretanto, os métodos podem variar de acordo com o modelo do veículo e fabricante.

Já a calibragem deve ser feita seguindo as indicações do manual de uso, mantendo sempre o nível indicado e o alinhamento da direção em ordem. O atrito da borracha com o solo aumenta caso ele não esteja calibrado de maneira correta. Sem esquecer do alinhamento, que é indispensável para rodar com segurança. Os detalhes técnicos também estão disponíveis no manual para consulta.

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE