TRÂNSITO AO VIVO
segunda-feira, 23 de janeiro de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Pedro Oliveira

Coluna do dia 19/08/2016

Publicada em 19/08/2016 00:05:00

Inauguração de comitê mostra força de Jai de Barrocas

A inauguração do comitê da Coligação “Por uma Barrocas Melhor” formada pelo PMDB, DEM, PHS, PSL e PV na manhã deste sábado, dia 20, no Centro de Barrocas, marcará o pontapé inicial da campanha eleitoral rumo a Prefeitura local. Na festa, os candidatos a prefeito, o empresário e ex-secretário de Administração e Finanças José Jaílson Lima Ferreira, o Jai de Barrocas (PMDB) e o vice, o vereador Dida de Raimundo (PMDB), além dos 28 candidatos a vereador que disputam nove vagas na Câmara de Vereadores. Barrocas está situada na microrregião de Serrinha, possui um eleitorado de aproximadamente 13 mil votantes e uma população estimada de 15 mil habitantes. Jai disse que já apresentou e registrou o plano de governo da coligação Por uma Barrocas Melhor. 

Programa da campanha de Jai é discutida

Ele conta com o apoio de cinco dos nove vereadores barroquenses. Agora, eles estão discutindo com a Justiça Eleitoral, as atividades de campanha. Devem ser realizados aproximadamente seis comícios, além de reuniões e encontros com grupos nas diversas comunidades barroquenses. Com o comitê funcionando, Jai vai alavancar mais a campanha junto à população. Ele acredita que hoje um dos maiores problemas das administrações municipais está na morosidade da Justiça e na falta de compromisso dos gestores com as cidades, além de leis flexíveis que terminam favorecendo os maus gestores. “Quando as leis forem mais rígidas, os gestores serão obrigados a ser honestos”, enfatizou.  

Definida a luta politica em Valente

Dois candidatos concorrem à prefeitura de Valente dia 2 de outubro. De um lado o candidato tucano e ex-secretário de Educação, Marcos Adriano de Oliveira Araújo que vai concorrer pela primeira vez com o prefeito Ismael Ferreira (PT). Marcos Adriano terá como vice, Regi Mota (PRB) e o apoio de oito dos 11 vereadores. Pela coligação, 22 candidatos vão concorrer à Câmara de Vereadores. Já Ismael terá como vice o empresário do setor farmacêutico José Timótio de Almeida (PSD), ex-vereador do município na década de 1990. Eles vão disputar o voto de 18.789 eleitores, para uma população de pouco mais de 24 mil habitantes.

Marcos Adriano vê o PT fraco devido a crise

Marcos Adriano vai à disputa com o apoio do DEM, PHS, PSL, PTN e PMDB, além dos partidos da chapa majoritária PSDB e PRB na coligação A Esperança do Povo. Ele acredita que o partido opositor, diante da crise nacional e que reflete também no estado e nos municípios, vai sofrer um grande impacto na região sisaleira. Professor de biologia e vice-diretor de escola estadual licenciado, ele já está pensando no programa de governo e que deve ter como base no fortalecimento da Educação e em diversas áreas que vão atender aos anseios da comunidade valentense.  

Ele aposta na Educação que deve ser maciça

“A base de qualquer nação está na Educação. Quando se faz uma Educação com qualidade, a população acaba tendo melhor qualidade na Saúde e em todos os outros setores. Por isso acredito que os investimentos na Educação devem ser maciços. Quando fui secretário de Educação, tive muito êxito. E a juventude precisa ser inserida socialmente e isso só se dá através da Educação. Sem ela, não conseguimos bons resultados. Com Educação temos uma sociedade melhor em todos os sentidos e é isso que queremos para os valentenses”, defendeu Marcos Adriano.  

Ismael vai firme pensando na reeleição

Já o candidato à reeleição, o petista Ismael Ferreira, vai à disputa aliado ao PDT, PCdoB, PSB, PP, Solidariedade, além do PT e PSD, que indicam a chapa majoritária, 18 candidatos a vereador dos quais três com mandato, na coligação “Pra Valente Seguir em Frente”.  “A administração avançou muito em Valente. Fizemos quase 80% do que projetamos tanto no Plano de Governo apresentado na eleição passada quanto no Plano Plurianual de Atividade (PPA), dando maior atenção à cidade e, principalmente a população que mais precisa”, enfatizou.

Os avanços foram muitos no município diz

Ismael Ferreira lista uma série de avanços em diversos segmentos que fazem a base de sua reeleição. “Executamos muito do que planejamos e vamos, neste segundo governo, aperfeiçoar o que necessita ser aperfeiçoado, melhorado e ampliado especialmente na área de Saúde, onde desenvolvemos um importante programa, bem como na Educação e Ação Social”, afirmou. Ele cita ainda, que entre as metas está a maior presença da administração nas diversas comunidades fora da sede. “Todas as ações que definimos como prioridade nós estamos concluindo ou vamos concluir até o final deste ano. Atuamos, e muito, em todas as áreas. Vamos aprimorar e ampliar o serviço que fizemos nestes três anos e sete meses para atender os valentenses”, concluiu.   

Dificuldades

Candidatos a vereador na Região de Identidade do Território do Sisal, Barrocas, Serrinha, Conceição do Coité, Retirolância, Valente, Santa Luz, Queimadas, Nordestina, Cansanção, Monte Santo, São Domingos, entre outros, estão encontrando dificuldades para abrir contas nos bancos a fim de movimentar as verbas de campanha e realizar pagamentos. Alguns candidatos a vereador tem corrido de agência em agência para ver qual oferece mais vantagens e é menos exigente nas informações de dados. Às vezes, os candidatos tem restrições e os bancos não aceitam abrir contas com eles pendurados no SPC ou Serasa e a urgência na abertura das contas é uma exigência da Justiça Eleitoral para concluir o cadastro do candidato.

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE