TRÂNSITO AO VIVO
domingo, 23 de abril de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Pedro Oliveira

Coluna do dia 26/11/2016

Publicada em 26/11/2016 00:05:00

Prefeito eleito de Valente quer transição tranquila

Aguardando o início do processo de transição começar, o prefeito eleito de Valente Marcos Adriano de Oliveira Araújo (PSDB), já está conversando com os aliados para definição sobre como deverá proceder. “A inspetoria do TCM orientou que devemos fazer uma transição eficiente, com todos os dados da administração, para não ser necessário realizar auditoria nos primeiros meses de administração. Isso atrasa o início do trabalho”, explicou Marcos Adriano. Ele disse que ainda não tem ciência da situação do município, mas, com uma equipe capacitada e experiente vai avaliar, a partir da transição, quais os desafios, urgências e prioridades para dar início a um governo sério e comprometido com o bem estar do povo.  “Tenho uma noção do que me espera. Minha experiência é de gestor de uma secretaria grande. O que pretendo é montar um time de auxiliares bons e trabalhar pela cidade. Claro que teremos algumas dificuldades. Devemos levar os primeiros 90 dias tomando pé da situação e traçando metas de trabalho”, disse Marcos Adriano.

Principal desafio será administrar falta de recursos

O prefeito eleito Marcos Adriano disse que tem consciência de que vai enfrentar um período difícil pela frente ante a crise econômica que o país atravessa e que refletirá diretamente nas contas dos municípios. “Todo mundo que concorreu pela primeira vez, ou que foi candidato a reeleição sabia o que ia encarar. Ninguém chegou iludido”, disse. O prefeito tem como meta prioritária atender à saúde, por considera-la fundamental. “Sabemos que todo dinheiro que se investe em saúde, será sempre insuficiente. O que se desloca para a saúde, tem que tirar de outro setor. É a coberta curta: para cobrir um santo, tem que descobrir outro. Claro que algumas áreas são necessárias como a Saúde, já que a gente tem que chegar dia 1º e fazê-la funcionar imediatamente. Saúde não espera”, avaliou. Outros setores que necessitam de ações imediatas são Infraestrutura e limpeza pública. “Vou fazer aquilo que é possível e para as coisas extras, vamos buscar as parcerias com nossos deputados estaduais e federais, para apresentarem emendas orçamentárias e extraorçamentárias. Ver os projetos que podemos ir buscar nos governo estado e federal”, afirmou.

Agricultura terá atenção especial

O prefeito eleito Marcos Adriano vê na agricultura um grande vetor para geração de renda e empregos no município de Valente “Temos muitas ações, como a agricultura familiar, já que nosso município é agrícola”, afirmou. A situação das obras que não serão concluídas pela atual gestão, serão avaliadas na transição. “Vamos avaliar quais são os projetos que estão sendo tocados e que vão ficar inacabados. Nossa proposta é continuar este trabalho sem problema algum, como a Praça Nemézio Martins que foi iniciada na gestão do ex-prefeito Ubaldino Amaral e concluída na gestão do atual prefeito Israel Ferreira. Temos também questões como calçamento, que foi iniciado na gestão de Ubaldino, continuado agora - e até ampliadas - e vamos manter esse trabalho. Temos, por exemplo, as praças da Matriz, a de Cabochat e a de Santa Rita De Cássia. Estas obras estão inacabadas. Vamos dar continuidade, alavancar, fazer com que estes projetos saiam do papel. Existem muitos recursos que estão pra ser liberados e vamos fazer essas obras.”, afirmou.

Projeto prevê ampliação da rede de apoio infantil

O primeiro passo para dar apoio às famílias é verificar se a rede municipal de creches tem vagas suficientes para atender as crianças de 0 a 3 anos. ”Temos creches muito boas como a da Pró Infância. É uma escola de tempo integral e temos que tratar bem esses meninos, porque quando você investe bem na base, a tendência é que eles, quando cheguem no ensino fundamental e médio, acabem tendo uma qualidade muito maior. Temos várias ideias e uma equipe de bons professores que darão boas ideias e que serão bons coordenadores e diretores”, afirmou o prefeito eleito de Valente, Marcos Adriano. Outro setor que terá atenção especial é o do esporte. Marcos Adriano disse que tem muito a fazer no setor. “Nestes quatro anos, Valente não participou do Campeonato Intermunicipal, só teve um Campeonato Valentense, uma Copa Rural, um Jogos estudantis e um Jogos da Infância. Precisamos retomar isso e criar uma Liga Desportiva - e não apenas de futebol - e ter a nossa Coordenação de Esportes na Secretaria de Educação. Uma Liga de Desportos forte, para incentivar os esportes em geral”, explicou.

Deputado Tom Araújo pede criação da Delegacia da Mulher Coité

Continua repercutindo na região sisaleira, a indicação do deputado Tom Araújo (DEM) ao governo da Bahia pedindo a instalação de uma Delegacia Especial de Atenção a Mulher em Conceição do Coité. Tom Araújo justificou o pedido devido ao aumento da violência contra a mulher, uma das maiores vítimas da violência doméstica. “Infelizmente, a violência doméstica tem se elevado demais e a delegacia local, com insuficiência de agentes e apenas um delegado,não tem condições de dar conta. Além disso, falta um ambiente específico para o registro e acompanhamento das mulheres”, enfatizou. “Mesmo com todos os artifícios legais e protetivos à mulher, criados a partir da Lei Maria da Penha, ainda vemos um crescente número de casos de violência doméstica e a incapacidade da delegacia local em solucioná-los e dar suporte legal e emocional às vítimas, daí a necessidade de uma unidade específica para a cidade”, enfatizou. “No primeiro semestre de 2016, 13 mulheres tiveram mortes violentas em Conceição do Coité, fora os casos de agressão. Destes casos, apenas um teve autoria definida. Por isso a Delegacia da Mulher é importante, pois vai enfrentar este tipo de violência através de um atendimento e orientação especializados, registro de ocorrências e encaminhamento das medidas protetivas ao Poder Judiciário, dentre outras atribuições”, concluiu o parlamentar.

Unicef reconhece administração de Valente

 O prefeito de Valente Israel Ferreira (PT) vai receber, no próximo dia 09, o Selo Unicef Município Aprovado 2013-2016, em reconhecimento as ações desenvolvidas pela gestão nos últimos quatro anos em prol da melhoria da qualidade de vida das crianças e adolescentes valentenses. As ações envolveram órgãos como Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes, Núcleo de Cidadania dos Adolescentes, e secretarias municipais que promoveram atividades importantes na saúde, educação, Cultura, Esporte, e Desenvolvimento Social e humano. Estes setores fizeram o diagnósticos, levantamento de dados, capacitação, plano de ação, aprimoramento de mecanismos de gestão, discussão de políticas públicas, mobilização social, ampla participação comunitária para o atendimento das crianças e adolescentes, os maiores interessados neste projeto, e garantir-lhes qualidade de vida e ações protetivas para não incorrerem em risco social.

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE