TRÂNSITO AO VIVO
domingo, 23 de abril de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Turismo

Nordeste é o destino mais desejado por quem quer viajar no fim do ano

Roteiros nacionais oferecem preços competitivos e atraem turistas brasileiros e estrangeiros

Publicada em 19/12/2016 15:55:45
Foto: www.tb1.com.br
Praia do Porto da Barra, em Salvador, uma das mais belas do mundo
Praia do Porto da Barra, em Salvador, uma das mais belas do mundo

A estação mais quente de todas finalmente chegou e com ela também se inicia um dos períodos mais aguardados durante o ano todo: as férias. Sejam escolares ou coletivas, o fato é que todos querem aproveitar esse momento de descanso, somado às festas de fim de ano e o calor intenso do verão. E não há lugar melhor para isso do que a beira-mar.

Segundo o último levantamento da pesquisa de “Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem”, divulgada pelo Ministério do Turismo (MTur), não são cachoeiras, rios, campos ou montanhas, muito menos, grandes metrópoles, o que o brasileiro realmente gosta, na hora de escolher o melhor destino turístico, é praia.

O Nordeste é quem mais se destaca na preferência dos viajantes e não é à toa: Repleto de belíssimas praias, distribuídas em cerca de 3 mil quilômetros de extensão, o litoral nordestino é reconhecido mundialmente pelo cenário encantador e por oferecer a combinação perfeita entre sol, mar, sossego e diversão, tudo na medida certa, de acordo com o gosto do viajante. Por isso, tem atraído não só os turistas da casa, como também, cada vez mais estrangeiros se rendem as suas paisagens paradisíacas, especialmente nessa época em que o país enfrenta um momento de instabilidade financeira que favorece a competitividade dos roteiros.

Economia estimula turismo nacional

O estudo revela que 8 em cada 10 brasileiros que pretendem viajar nos próximos meses, escolhem o território nacional como destino turístico. A crise que o país atravessa nos últimos anos e a alta do dólar são motivadores dessa tendência, que já é observada desde 2015.

Para Francisco Lobo, especialista no setor de milhas aéreas, o bolso é o fator decisivo para a escolha: “uma viagem internacional, atualmente, tem os custos muitos mais elevados do que qualquer rota doméstica, esse valor, que parecia mais brando antigamente, se acentua diante do quadro econômico brasileiro, e, parece um gasto exorbitante no orçamento familiar”.

Não é à toa que o Brasil já é um dos principais destinos de turistas. Suas cidades históricas, clima tropical e suas paisagens dignas de cartões postais são cenários perfeitos para as férias e atraem pessoas do mundo todo.

Um estudo sobre as principais qualidades da região, com líderes de opinião e jornalistas de 15 países latino-americanos, realizado pelo Instituto Internacional de Pesquisas e Inteligência de mercado, o Ipsos, constatou o Brasil é considerado o melhor em atrativos naturais.

Único país da América Latina a vencer dois quesitos, também ficou em primeiro lugar na categoria musical. O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) estima que cerca de 2,42 milhões de turistas estrangeiros visitem o país durante essa temporada de verão, 11% a mais que em 2015.

Praias nordestinas

O país é o lugar ideal tanto para quem busca divertimento quanto para quem quer paz e tranquilidade, mas, sobretudo, para os amantes de cidades praianas e altas temperaturas é um oásis.

Com sua diversidade cultural e belezas naturais, o Nordeste lidera na intenção dos entrevistados – dados mostram que 44,4% pretendem eleger a região como destino das próximas viagens – seguido pelo Sudeste e pelo Sul. Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará são alguns dos estados mais procurados pelos viajantes, com praias que já foram eleitas como melhor do mundo por mais de uma vez.

As altas temperaturas duram praticamente o ano todo no balneário nordestino: São 9 estados que compõem o litoral famoso por suas praias de areia branca e água cristalina, geralmente cercada por coqueiros, vegetação local e diversidade de fauna marinha, que conquistam cada vez mais fãs do mundo todo.

O arquipélago de Fernando de Noronha, em Pernambuco, é um dos grandes responsáveis pela fama da região e por manter o país sempre no topo dos rankings mundiais quando se trata de um belo cenário. O local é conhecido por suas praias paradisíacas, consideradas as mais belas do Brasil, e a forte preservação ambiental.

Voos e rotas extras

O levantamento aponta que o avião deverá se manter como principal meio de deslocamento entre os viajantes nacionais que planejam visitar, respectivamente, as Regiões Nordeste, Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte. Em vista disso as principais companhias aéreas do país já planejam um reforço na malha doméstica, que passou o ano no vermelho.

A expectativa é otimista e já foram confirmados cerca de 8 mil voos extras entre as maiores operadoras do país, que irão funcionar de dezembro a março de 2017. Outras operadoras também estudam a necessidade de adequação da malha para a alta temporada. As rotas em destaque incluem conexões que fazem a ponte entre destinos nacionais e internacionais ao Nordeste do país.

Viajar definitivamente não foi uma das prioridades dos brasileiros em 2016. Diante do cenário econômico conturbado a maioria das famílias optaram por cortar esse tipo de gasto. Essa tendência refletiu diretamente na demanda por passagens aéreas que resultou em um índice negativo no setor, com cerca de 15 meses de retração acumulados, segundo dados da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas).

Lobo afirma que, em vista disso: “As companhias aéreas apoiam suas expectativas na demanda sazonal da temporada de fim de ano para reverter o quadro desfavorável e alavancar as vendas, por isso, o consumidor deve ficar atento, porque nem sempre maior oferta significa preços mais baixos” – explica o diretor da empresa Cash Milhas.  

Mais de 80% das pessoas pretendem visitar destinos nacionais nessa temporada de verão, a maioria prefere locais com areia e mar para passear, mas boa parte prioriza fatores como cultura, clima e baixo custo na hora de decidir a viagem, por isso o especialista dá a dica: “É um momento oportuno para aqueles que possuem um saldo de pontos significativo acumulado nos programas de fidelidade, pois é possível converter em milhas aéreas e resgatar a passagem, assim o consumidor pode abater uma parte ou, até mesmo, garantir a viagem sem custo algum” – finaliza Lobo.

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE