TRÂNSITO AO VIVO
terça-feira, 24 de janeiro de 2017
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE
Cidade / Saúde

Salvador ganha hospital para a mulher e população comemora

Rui Costa chegou a se emocionar ao chegar ao local e conversar com a imprensa.

por
Nelson Rocha
Publicada em 10/01/2017 09:04:02
Foto: Manu Dias/ GOVBA

O canto feminino das Ganhadeiras de Itapuã deu o tom da cerimônia de inauguração ontem, às 16 horas do Hospital da Mulher, Maria Luzia Costa dos Santos, situado no Largo de Roma. Elas também dançaram e animaram o evento que teve ar de festa, com apresentação também das meninas das cordas e sopros da Orquestra Sinfônica da Bahia. Políticos, militantes, agentes de saúde e representantes de diversos setores da sociedade civil lotaram a área de entrada da unidade hospitalar, a maior de atendimento à mulher no Norte-Nordeste, entregue à comunidade feminina baiana pelo governador Rui Costa, que chegou a se emocionar ao chegar ao local e conversar com a imprensa.

“Chega a arrepiar. A emoção é grande. Minha mãe morreu de câncer de mama e naquela época havia muita dificuldade para diagnóstico e tratamento. Estou vindo aqui na esperança que, em breve, nenhuma mulher morra mais de câncer de mama, por não ter tido onde se cuidar, se tratar e fazer a cirurgia”, disse Rui Costa na oportunidade. Agora as mulheres têm um hospital de referência em Salvador que, conforme o governador, estará à disposição daquelas que moram no interior e, com suspeita de câncer poderão ser diagnosticadas também no Hospital da Mulher.

“Confirmando a suspeita, a ideia é que elas possam operar imediatamente, aumentando com isso a expectativa de vida e dando qualidade de vida a essas mulheres”, garantiu Rui.

 Com investimento superior a R$ 40 milhões, a unidade possui dez salas cirúrgicas e 136 leitos, sendo 97 destinados à internação, 10 para terapia intensiva (UTI) e 29 leitos para hospital-dia. O centro de diagnóstico está equipado com tomógrafo computadorizado, mamógrafo, ultrassom, doppler scan, raio-X e laboratório 24 horas. O hospital tem capacidade para realizar 9 mil consultas e mil procedimentos cirúrgicos mensais.

 O Hospital da Mulher prestará assistência nas áreas de ginecologia e mastologia, além do atendimento na área de reprodução humana, oncologia e situações relacionadas à violência sexual. A unidade também dispõe de um serviço de urgência e emergência ginecológica, com funcionamento 24 horas. Por mês, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), investirá cerca de R$ 4 milhões na manutenção do hospital, que será gerido por uma organização social.

“Um hospital como este é uma benção pra Bahia, principalmente na capital para onde vem muita gente se tratar. Está de parabéns o governador Rui Costa em fazer este hospital funcionar”, comentou o deputado federal Antônio Brito (PSD). “ Realmente o governador ter presenteado nós, mulheres baianas, com este hospital é um avanço muito grande. É um marco, um sonho que se torna realidade”, enfatizou a blogueira Josi Maurício.

“ Do ponto de vista estético inova até na cor, na apresentação. Acho que é muito estratégico e muitíssimo necessário, porque a mulher precisa ser muito bem atendida, principalmente nessas especialidades já bem definidas e com uma demanda certamente muito clara, detectada”, destacou a psicóloga Maria Tereza Andrade.

“ Eu me sinto orgulhos em estar podendo realizar esse sonho que não é só das mulheres, mas de muitos filhos e filhas, que ficavam angustiados ao longo do tempo ao ver a mãe com algum tipo de doença e não poder se tratar. Eu diria que é uma alegria geral de toda a população e por isso essa mobilização”, pontuou o governador Rui Costa que visitou as instalações do Hospital acompanhado de médicos e assessores.   
 

SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE