FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE

Raio Laser

Coluna do dia 16/09/2014

Últimos dias
Os candidatos ao governo Rui Costa (PT), Paulo Souto (DEM) e Lídice da Mata (PSB) se preparam para as próximas semanas como se preparam para a eleição de suas vidas.

Na realidade, eles acreditam que a 15 dias do término da propaganda na TV e no rádio, o clima será de enfrentamento total entre os três, o que favorecerá aquele que tiver melhor resiliência e capacidade de partir para o ataque na hora certa.

Por este motivo, o telespectador deve ser confrontado com uma sucessão de ataques e confrontos, principalmente nas chamadas inserções comerciais que entram na programação normal televisiva, comprovadamente as que mais efeito têm sobre o eleitorado que aprecia uma campanha.

Motivo
Lídice da Mata (PSB) vai concentrar energia nesta última etapa da campanha em buscar associar sua imagem à da presidenciável Marina Silva (PSB), que continua performando muito bem na Bahia, onde a presidente Dilma Rousseff (PT) teve uma grande votação na última campanha presidencial.

Lídice quer subir na esteira de Marina, o que tem se revelado difícil ninguém sabe ainda o motivo.

Patrícia PoetaCara nova no JN
A Rede Globo anunciou ontem que Patrícia Poeta deixará o Jornal Nacional no dia 3 de novembro, assim que as eleições se consumarem.

Ela se dedicará a um novo projeto na área de entretenimento, destino que também levou a ex-apresentadora do noticiário, Fátima Bernardes, a tomar novos rumos.

Renata Vasconcelos assume o JN, ao lado de William Bonner.  Poliana Abritta ocupará a vaga de titular do Fantástico, com Tadeu Schmit.

APLB-Sindicato
Termina hoje a 2ª Conferência Estadual da APLB-Sindicato, que foi iniciada ontem no Gran Hotel Stella Maris e será finalizada hoje. No encontro, dirigentes e associados da base da capital e do interior discutem o caminho do sindicato da categoria.

Na semana passada, houve eleição da entidade, com chapa única formada por aliança do PCdoB com o PSB. O PT faz, ainda discretamente, oposição. PSTU e PSOL, que faz oposição abertamente, não tiveram competência para formar uma chapa e concorrer.

À criadora
A ex-vereadora de Salvador Olívia Santana (PCdoB), que foi autora da lei que criou a primeira honraria negra da Câmara de Salvador, será homenageada pela Casa Legislativa com a Medalha Zumbi dos Palmares, honraria que ela mesma criou.

O tributo, proposto pelo vereador Moisés Rocha (PT), será realizado hoje, às 19h, na Câmara Municipal.

A medalha é concedida aos que se destacam na prestação de relevantes serviços no combate ao racismo, discriminação e intolerância de qualquer gênero.

O atraso na construção da Fiol e do Porto Sul é culpa de Paulo Souto

Culpado
O candidato a vice na chapa de Rui Costa, João Leão, diz estar indignado com críticas que o candidato a governador, Paulo Souto, tem feito sobre atrasos na construção da Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol).

“O atraso na construção da Fiol e do Porto Sul é culpa de Paulo Souto. Quando ele era governador, mostrei o esboço do projeto na governadoria e ele me disse que era um sonho, que esta obra não aconteceria nunca e tenho certeza que pela sua honestidade não vai me desmentir”, afirmou Leão.

Tempo de TV
A coligação do candidato do PT a governador, Rui Costa, perdeu um dia de inserções, 1 minuto e 50 segundos, e quase metade de um programa eleitoral, 2 minutos e 52 segundos, pelo uso indevido da imagem do adversário Paulo Souto (DEM).

A decisão do juiz Salomão Viana, que julgou o mérito da representação feita pela coligação “Unidos pela Bahia” ontem, prevê ainda o pagamento de multa no valor de R$ 50 mil.

Cada um é responsável pelo destino da Bahia

Comparação
Nos seus pronunciamentos mais recentes, como aconteceu no domingo (14), em Guanambi, o governador Jaques Wagner passou a bater na tecla de que os eleitores precisam fazer comparações entre o que realmente cada um dos grupos políticos que disputam a eleição fez enquanto esteve no poder, tanto em nível estadual quanto em nível federal.

No domingo, ele foi mais além, ao chamar a atenção para a importância destas eleições e alertou que na eleição, “momento mais sagrado da democracia, cada um é responsável pelo destino da Bahia”.

Wagner tem revelado muita confiança na vitória de Rui para o governo e de Otto para o Senado. “É preciso perguntar para onde queremos levar o nosso Estado”, diz o governador.

Jutahy e Nilo
As inusitadas dobradinhas têm causado efeitos diversos e mantido intocáveis algumas relações históricas. É o caso, por exemplo, dos deputados Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) e Marcelo Nilo (PDT).

Em lados opostos na disputa eleitoral em curso, os deputados estão fazendo dobradinhas em diferentes cidades, como em Utinga, na Chapada Diamantina, e em Nova Viçosa, no Sul do estado.

Paulo SoutoFujão não
Após se ausentar de um debate realizado este final de semana em Feira de Santana, o candidato Paulo Souto (DEM) foi alvo de críticas dos concorrentes ao governo estadual.

Chamado de “fujão” por Marcos Mendes (PSOL) e, segundo Rui Costa (PT), “não ter o que falar” à população feirense, o democrata tentou amenizar o desconforto.

Em nota enviada à imprensa, Souto lamentou a ausência creditando-a a uma falha de comunicação no convite feito pela Rádio Princesa FM, organizadora do debate.

De acordo com o informativo, o candidato já tinha uma série de eventos políticos inadiáveis para o mesmo dia em que foi realizado o encontro.

Raiva
Presidente do PT municipal, Edson Valadares entrou em rota de colisão definitiva com a maioria da bancada municipal da agremiação.

Está sendo acusado de tudo, inclusive, de ser o responsável pelo afastamento dos edis da campanha de Rui Costa ao governo, num momento em que o petista precisa crescer no eleitorado da capital baiana.

Linha direta
Aécio Neves soube em Brasília que seu nome não era bem-vindo na campanha de Geddel Vieira Lima.

O blog do jornalista Ricardo Noblat foi o primeiro a noticiar que o peemedebista entrara com uma ação na Justiça, patrocinada pelo escritório do advogado Ademir Ismerin, contra trecho da propaganda do adversário Otto Alencar (PSD) que se referia a ele como candidato do presidenciável tucano.

Ironia
Para soutistas empedernidos, a atitude assumida por Geddel Vieira Lima em relação ao presidenciável Aécio Neves (PSDB) foi “um belo troco” que o peemedebista deu ao tucano por seu empenho em fazê-lo candidato a governador em lugar de Paulo Souto (DEM) na época em que as oposições discutiam a melhor candidatura ao governo, ao final assumida pelo democrata.

Muito mal
Pegou muito mal para o candidato a senador Geddel Vieira Lima (PMDB) negar que tenha tentado evitar, através de uma ação à Justiça Eleitoral, a associação de sua imagem à do presidenciável Aécio Neves (PSDB), feita pela propaganda política do concorrente Otto Alencar (PSD).

Primeiro, porque a ação é pública e dela todos tomaram conhecimento. Segundo, porque é difícil acreditar que a simples menção ao apoio de Aécio à sua candidatura signifique difamação, como ele alegou na peça.

Otto AlencarAnimados
A equipe de Otto Alencar (PSD) está uma animação só com os números do Ibope que apontaram seu crescimento. Mas não são só os dados do instituto de pesquisa contratado pela TV Bahia que deixam o pessoal comemorando.

Os resultados dos trackings (pesquisas por telefone) também mostram que ele está em ritmo de crescimento em Salvador, onde Geddel Vieira Lima (PMDB) e Eliana Calmon (PSB) vinham se dando melhor.

IPTU Verde
O debate sobre o IPTU Verde, que acontece hoje (16) no auditório do Sinduscon, na Pituba, mudou de horário.

O evento, que seria realizado às 9h, mudou para 15h, e terá a participação do prefeito ACM Neto e do presidente da Câmara, Paulo Câmara, que foi autor do projeto que gerou a legislação.

O cara é bom
O candidato Rui Costa (PT) está usando o jingle utilizado na campanha a vereador do petista Henrique Carballal, “O Cara é bom”.

Com o consentimento do vereador, o mesmo jingle já tinha sido utilizado pelo publicitário da campanha de Rui, Sidônio Palmeira, que é amigo de Carballal, numa campanha vitoriosa que ele fez para prefeito de Maceió. 

Protesto
A decisão do TCE de não prorrogar o prazo de validade do último concurso público do órgão, realizado com o objetivo de preencher os cargos vagos de Analista de Controle Externo (auditores), gerou indignação entre os aprovados do certame que encontravam-se na expectativa de nomeação.

No início da tarde de ontem, dezenas de concursados fizeram manifestação em frente ao TCE, reivindicando a imediata nomeação dos aprovados e protestando contra o fato de o presidente do órgão, Inaldo da Paixão, contraditoriamente ter enviado projeto de Lei ao Legislativo, criando mais 47 cargos comissionados. 

Chuva de ovos
Informações chegadas à Tribuna deram conta ontem de que o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Zé Neto (PT), foi recebido com uma “chuva de ovos” pelos moradores do conjunto Feira IX, em Feira de Santana, segundo maior colégio eleitoral da Bahia e cidade reduto do petista. Com o acontecido, a atividade de campanha do petista foi suspensa.

Picuinha
Em contato com a Tribuna, o líder petista disse que o ato foi de “picuinha de gente mesquinha e desesperada”.

Ele afirmou que teve o ocorrido, mas que não foi uma “chuva de ovos” como começaram a disparar. “Quiseram criar tumulto. Mas os ovos nem acertaram em ninguém e a gente já sabe até quem foi que mandou organizar”, rebateu.

Outras notícias: mais recentes · mais antigas
SIGA A TRIBUNA
Envie informações para a Tribuna
71 9206-5826
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE