Raio Laser - Tribuna da Bahia
TRÂNSITO AO VIVO
WhatsApp: 71 9206-5826
quinta-feira, 2 de julho de 2015
FIQUE SABENDO AGORA
PUBLICIDADE

Raio Laser

Colados
Equipes do governo do Estado e da Prefeitura de Salvador se esmeravam ontem em mobilizar funcionários e terceirizados para participação na festa de hoje do Dois de Julho ao lado de seus respectivos governantes.

Em vários órgãos, tanto do município quanto do governo, foram vistos, além de apelos pela participação dos servidores, uma intensa distribuição de camisas como parte da arregimentação de forças para desfilar no Cortejo que sai da Lapinha e vai até o Terreiro de Jesus, na parte da manhã, funcionando como um verdadeiro teste de popularidade para os políticos.

Com a agenda intensa em Brasília, é pouco provável que deputados e senadores compareceram ao evento.

Já ACM Neto (DEM) e Rui Costa (PT) vão estar colados no desfile.

Tom baixo
E por falar no prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ele baixou o tom ontem e teceu elogios ao governo do estado pela realização dos festejos juninos.

A felicitação se deu após o Estado, através do diretor da Bahiatursa, Diogo Medrado, manifestar “sinceros agradecimentos pelo apoio dispensado (pela prefeitura) para o sucesso do São João da Bahia 2015, no Centro Histórico e em Paripe”.

“Parabéns ao Governo pela bela festa proporcionada aos soteropolitanos. Da nossa parte, fizemos o possível para garantir que esse investimento tivesse o excelente resultado que obteve”, afirmou Neto.

Feriadão
Em virtude do feriado de Dois de Julho, o Tribunal Eleitoral do Estado (TRE-BA) não funcionará hoje e amanhã.

Os postos de atendimento ao público da Justiça Eleitoral localizados nos SACs (capital e interior) e Casa de Justiça e Cidadania (Shopping Baixa dos Sapateiros) também estarão fechados durante o período.

Gratuidade
A deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia um projeto de lei que isenta usuários de serviços públicos, agentes públicos estaduais e empregados dos shoppings do pagamento de taxa para uso de estacionamentos nesses estabelecimentos.

Para ter assegurada a gratuidade será necessária a apresentação de documento emitido pelos órgãos, entidades ou autoridades competentes.

Também está prevista concessão da gratuidade, independentemente do tempo de permanência nos shoppings, a idosos e pessoas com deficiência.

Aeroporto de Salvador
A senadora Lídice da Mata (PSB) chamou ontem a atenção do Congresso Nacional para a necessidade de o Aeroporto Internacional de Salvador voltar a se chamar Dois de Julho.

O apelo foi feito durante discurso no Senado sobre a Data Magna da Bahia, que representa a consolidação da Independência do Brasil.

“Acredito que o ex-deputado federal Luis Eduardo Magalhães teve uma grande participação na vida pública, mas nem ele e nem ninguém podem substituir os baianos que protagonizaram aquela luta que garantiu a independência do nosso país da Coroa Portuguesa”, disse em plenário.

Investidores chineses
O secretário da Casa Civil do Estado, Bruno Dauster, se reuniu, ontem, com representantes de seis empresas chinesas interessadas no investimento em obras de infraestrutura no estado.

Projetos como Porto Sul, Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol), Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), aeroportos e sistemas de abastecimento de água foram apresentados ao grupo.

O encontro aconteceu no gabinete do secretário, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Projetos
Dauster afirmou que, juntos, Fiol e Porto Sul serão uma das mais importantes rotas de exportação de minérios de ferro e granéis agrícolas do País.

Além dos aeroportos de Feira de Santana, Ilhéus, Porto Seguro e Caravelas, a proposta de concessão do Aeroporto Internacional de Salvador também foi apresentada.

O objetivo é ampliar o terminal de passageiros e construir uma segunda pista de pouso, com investimento previsto de  R$ 3 bilhões.

Terminal
O vereador Claudio Tinoco (DEM) cobrou, ontem, a entrega do terminal marítimo de passageiros de Salvador.

“O equipamento finalmente parece estar pronto, após o atraso de dois anos, mas até agora não foi aberto ao público. Essa é mais uma obra que ficou atrasada, fez parte da matriz de responsabilidade da Copa do Mundo, mas, como o aeroporto, não foi entregue”.

O democrata lembrou ainda da nova temporada de cruzeiros que se aproxima e a necessidade da entrega do equipamento para impulsionar o turismo na capital baiana.

Obra inacabada
Em pronunciamento na Câmara de Salvador, o vereador Moisés Rocha, do PT, cobrou do prefeito ACM Neto uma visita à Rua Engenheiro Austricliano, conhecida como Ladeira do Cacau e Baixa do Cacau, no bairro de São Caetano.

Segundo o vereador, a via é um importante acesso à BR-324 e aos bairros de Pirajá, Marechal Rondon e Largo do Tanque.

Interdição
“Já são quatro anos de interdição. A população sofre com o constante congestionamento. Sem contar que já se passaram seis meses do prazo de conclusão e entrega da obra e, até agora, nada”.

O pior de tudo, disse o petista, é que “querem inaugurá-la sem concluir os serviços, pois falta grade de proteção, telas nos alambrados, escadarias, canais de escoamento da água, além da conclusão de encostas”.

Segundo o vereador, a população local quer a visita e fiscalização do prefeito e um tratamento igual ao dado ao bairro da Barra.

“Prefeito, obra inaugurada é obra pronta”, emendou.

Homenagem
Próxima terça-feira, às 10h, será celebrada uma missa solene em homenagem ao jornalista, professor e homem público Jorge Calmon (1915-2006), que completaria 100 anos de idade no dia 7.

A missa será na Basílica do Senhor do Bonfim, concelebrada pelo arcebispo primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, e por outros sacerdotes.

O evento, mais uma iniciativa da Associação Bahiana de Imprensa (ABI) para comemorar a passagem do centenário do seu ex-presidente, é aberto ao público e tem o decidido apoio das Irmandades do Senhor do Bonfim e da Conceição da Praia.

No CNJ
Depois de Eliana Calmon, mais uma baiana tem a chance de compor o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Natural de Riacho de Santana, Daldice Maria Santana de Almeida teve seu nome aprovado ontem pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

A próxima e última etapa será a votação no plenário da Casa Legislativa.

A proposta de indicação da baiana partiu do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e foi relatada inicialmente pelo também baiano, o senador Walter Pinheiro (PT), mas foi repassada para o mineiro Antônio Anastasia.

Demolição
O vereador Gilmar Santiago conta que se deparou com uma situação inusitada enquanto visitava o bairro de Fazenda Coutos.

Lá, diz ele, lideranças comunitárias estão reclamando que a prefeitura demoliu duas escolas para construção de novas, mas as crianças ficaram sem aula.

Ou seja, não foram realocadas para outro espaço.

“Vão colocar os alunos para estudar em containers, depois de demolirem as Escolas Ester Félix da Silva e Fazenda Coutos, enquanto a situação não é resolvida, meninas e meninos do bairro ficam sem aprender”, criticou Gilmar.

Contas da Câmara
Por unanimidade, foram aprovadas ontem as contas da Câmara de Salvador referentes aos anos de 2012, da gestão do ex-presidente Pedro Godinho (PMDB), e de 2013, primeiro ano sob a presidência do vereador Paulo Câmara (PSDB).

De acordo com o atual presidente da Casa, Paulo Câmara, a apreciação das contas, referendando a aprovação feita pelo Tribunal de Contas dos Municípios, demonstra a preocupação da atual mesa diretora em gerir bem o dinheiro público.

Acima do limite
O Ministério Público Eleitoral na Bahia identificou 981 pessoas físicas e jurídicas que devem responder à Justiça Eleitoral por terem realizado doações para campanhas no ano passado acima do limite permitido em lei.

A regra diz que o limite de doações para candidatos ou partidos políticos corresponde a 10% dos rendimentos brutos auferidos por pessoas físicas no ano anterior à eleição e 2% do faturamento bruto, no caso de pessoas jurídicas.

Impacto
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou um substitutivo do deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT) ao projeto de lei 2976/11, que torna lei a exigência de teste de impacto (crash test) em todo modelo de veículo automotor fabricado ou montado no Brasil.

A exceção será feita somente para máquinas agrícolas e tratores.

Vitória
O conselheiro do Esporte Clube Vitória, Pedro Godinho, fez uma visita de cortesia ao novo presidente do clube, Raimundo Viana, que assumiu o posto recentemente.

No encontro, além de reafirmar o apoio à administração dele, Godinho levou a notícia de que o prefeito ACM Neto está no firme propósito de ajudar o clube.

“O Raimundo Viana vai levar uma pauta de reivindicações, ainda no mês de julho, para ver com o prefeito a possibilidade de atender aos pleitos do clube”, disse Godinho, ao destacar a capacidade e seriedade do dirigente, que precisa contar com, o apoio de todos.

Godinho foi um dos responsáveis pela construção do Barradão, foi o autor da iniciativa do atual hino do Vitória, de autoria do compositor Walter Queirós, além de ser o responsável da Lei que institui o 13 de maio como o Dia Municipal do Vitória.

Governança
O líder do Solidariedade na Câmara Federal, Arthur Maia, lamentou a ausência de dirigentes da Petrobras e da Valec na audiência pública promovida ontem pela comissão mista destinada a elaborar o marco legal das estatais.

Para o relator, essa posição demonstra pouco comprometimento com a transparência e com as boas práticas de governança.

“O Congresso Nacional está discutindo o patrimônio do povo. A Petrobras e a Valec, alvos de recentes escândalos de corrupção, deveriam se preocupar em contribuir com o debate mais do que qualquer outra estatal. É lastimável que essas empresas se omitam diante de um assunto tão importante para a sociedade brasileira”, criticou.

Saúde do estado
A melhoria do atual sistema de atendimento emergencial de saúde do estado tem sido uma das bandeiras do deputado estadual Hildécio Meireles (PMDB) na Assembleia Legislativa.

Confirmando sua insatisfação com o sistema de saúde baiano, o peemedebista fez um pronunciamento apresentando reivindicações de médicos do próprio Hospital Geral do Estado (HGE).

“Entre as colocações feitas pelo médico estão: o cenário caótico de internação de pacientes vítimas do câncer, o número reduzido de médicos clínicos no setor de triagem do HGE, a falta de dinâmica e rapidez para realização de exames, entre outros fatores”.

Busdoor
O vereador J. Carlos Filho (sem partido) solicitou à Prefeitura de Salvador, por meio do Projeto de Indicação, o direcionamento do percentual arrecadado via Busdoor para o pagamento obrigatório da gratificação do Carnaval para os rodoviários.

A proposta foi levantada na negociação da data base da categoria entre o Sindicato dos Rodoviários, o chefe do Executivo e a presença do legislador.

Colunas anteriores
Outras notícias: mais recentes · mais antigas
SIGA A TRIBUNA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
EDIÇÃO ONLINE
PUBLICIDADE